domingo, 29 de março de 2015

Sobre profissões: Design de Interiores

Não sei se vocês já perceberam mas essa semana nós tiramos para dedicar a falar sobre profissões, percebi no grupo de whatsapp das leitoras que muitas meninas tem dúvidas sobre profissões e carreiras, são decisões de extrema importância pra nossas vidas. Eu levo isso muito a sério, por isso falei com as colunistas sobre como nós deveríamos ajudar a "clarear as idéias". Se essa é a sua primeira vez qui no blog, seja muito bem vinda!


Acho que nunca escrevi com tanto gosto! Eu vou falar sobre a minha paixão de infância ♥-♥ Acreditem! Corações estão sobrevoando sobre a minha cabeça nesse exato momento! kk

Minha relação com a profissão:
Bem, como todo mundo que me conhece sabe, eu sou apaixonada desde criança pelo mundo da Arquitetura e Interiores (Letras maiúsculas, porque é falta de respeito escrever com letras minúsculas u.u)
Mas enfim, quando eu era criança eu costumava desenhar casinhas em TUDO! Aquelas de pauzinho que toda criança desenha, só que quando eu fiz 7 anos, eu comecei a desenhar casas em formas de 'plantas layouts'. Eu sempre sonhava com uma casa, e desenhava ela em 'planta' no dia seguinte. Um dia o meu pai me falou que eu iria ser Arquiteta, eu fiz: "Arquiteta? O que é isso?" E então ele me explicou o que era e o que fazia, e me mostrou uma planta layout profissional em uma venda de empreendimento num jornal. Eu me apaixonei e coloquei na cabeça que seria Arquiteta e ponto final.
Na minha adolescência eu conheci o curso: Design de Interiores, me apaixonei também. E decidi que faria os dois.


Curso na faculdade:
Eu optei por começar por Design de Interiores. Antes de fazer a prova do vestibular, e apresentei ao Senhor todos os meus projetos para a minha carreira profissional, e pedi que se não fosse essa a vontade dEle pra a minha vida, que eu perdesse a prova. Resultado: Fui aprovada em 1º lugar na seleção. Levei um SIM'ZÃO de Deus.
Hoje eu estou no ultimo semestre, com "a mão no diploma" como dizem. O meu curso é mais pesado que qualquer curso normal, porque eu pego praticamente o dobro de matérias na grade, que um curso normal pega. Por exemplo: Um aluno de Engenharia, pega 5 ou 6 matérias no máximo em uma grade, eu pego no mínimo 8 ou 9.


Quais matérias estudo:
Nisso, a gente entra em Arquitetura em algumas partes, só que Design de Interiores é mais específica. Estudamos desenho, como desenhar, na mão e na máquina. Quem não tem jeito pra desenho, ou nunca desenhou na vida, ou não gosta de desenhar, certamente encontra muitas dificuldades nesses cursos.
Estudamos também matérias que envolvem a elétrica, hidráulica, acústico, a iluminação natural e artificial, entre outros que exigem muita disciplina pra estudo, porque é tudo dirigido com muitas regras que DEVEM ser seguidas à risca. Se não o projeto vai para o beleléu. Estudamos sobre coisas mais profundas que estimulam a gente a fazer o correto, como: História da arte, psicologia, empreendedorismo, metodologia visual e etc. Estudamos sobre materiais e técnicas, que é uma parte bem legal do curso.


O que fazemos:
Projetos, sempre e for ever! Por tanto se alguém tiver problemas com respeito à criatividade, é bem complicado de se produzir algo. Não digo que pessoas não criativas não podem fazer o curso, até porque tenho colegas que não eram criativas e passaram a ser; Porém, o grau de dificuldade é absurdamente maior. Tem que investir em muita leitura e muuuuita prática.
Fazemos projetos em todas as matérias e sempre. Uma vez no 2º semestre uma colega de turma falou com o professor que não aguentava mais fazer projeto, e ele respondeu: "Saia do curso, desista enquanto há tempo. Porque a partir de agora você vai fazer projetos até morrer ou até mudar de profissão se não aguentar o pique." E é exatamente isso. Tem que AMAR, e muito.

Pra quem não sabe, isso é uma planta layout humanizada.

O que preciso ser e ter pra cursar Design de Interiores ou Arquitetura:
AMOR, criatividade, disciplina, paciência e um energético dos bons.


Em que eu posso trabalhar:
Posso trabalhar como Designer de Interiores quando formada, projetista de móveis e coisas do ramo.


Pra finalizar, o meu conselho:
Geralmente quando as pessoas sabem que eu curso Design de Interiores dizem: "Ui que chique!" ou "Oun que fofo!" ou "Nooossa que legal!"
Eu gostaria de informar que o glamour só faz parte de nossas vidas nos eventos de alta decoração mesmo! kkk
Pra mim é uma delícia, porque eu amo, amo isso desde a infância e adulta já decidi que essa seria a minha profissão de acordo com a aprovação de Deus pra mim.
Meu conselho pra você que se interessa pela área, acha lindo, glamouroso e quer fazer: O curso não será lindo se você não amar e não tiver certeza do que quer. Conheço VÁRIAS pessoas que entraram no curso achando tudo fofo e se frustraram, muitas pessoas mesmo.
Design de Interiores e Arquitetura não é chique, é trabalhoso, e toma tempo e as forças da gente. Escolher móvel e cor de parede são só detalhes diante de toda a complexidade do projeto.
Se você ama decoração, então vai ter que amar também ter que estudar a parte hidrossanitária, elétrica e estrutural da coisa. Design de Interiores e Arquitetura não é como brincar de casinha, é coisa séria. Por tanto, pense bem se é isso mesmo o que você quer pra a sua vida.
Se você tem certeza que é isso mesmo, seja bem vinda ao clube das corujas! E venha ser feliz com a gente!!! kk

O post ficou maior do que eu pretendi, mas enfim! Eu resumi o máximo que pude de informações, mas deixei tudo bem claro.
Espero que tenham gostado ;)

Um chêro e au revoir!

Um comentário:

Fabiana Nunnes disse...

Muito bom! Acho lindo quem faz esse curso, tive oportunidade de conhecer duas pessoas que fizeram e uma desistiu e outra se formou, realmente tem que amar. Embora todo o esforço que sei que tem, no final fica tudo lindo :D