domingo, 12 de agosto de 2012

Vivendo entre correntes

Irmãos, o que eu quero dizer é isto: não nos resta muito tempo, e daqui em diante os casados devem viver como se não tivessem casado; os que choram como se não estivessem chorando; os que estão rindo, como se não estivessem rindo; os que compram, como se não fosse deles aquilo que compraram; os que tratam das coisas deste mundo, como se não estivessem ocupados com elas. Pois este mundo, como está agora, não vai durar muito. O solteiro se interessa pelas coisas do Senhor por que quer agrada-lo. 1 Coríntios 7.29-32.

Eu admito.
Sobrevivo em uma divisão espiritual dentro da minha casa..
Meu pai é um belo ator, tratando-se de fingir ser uma pessoa diferente do que ele é.
Poucos percebem isso.
Do portão de casa pra fora é uma pessoa; do portão pra dentro é outra pessoa totalmente oposta.
Eu cresci assim nessa divisão.
Meu pai e minha mãe nunca viveram em acordo e sempre em contradição.
Presenciei muitas brigas, confusões, palavras de destruição, as vezes contra mim, ou contra minha mãe, ou um parente próximo.
É como se houvesse correntes, algo que machuca, que rodeia, que investe contra minha casa, contra minha família.
Através da vida de meu pai, o inimigo se manifestou e se manifesta muito, muito mesmo.
Eu chorava, ficava tremendo, com meu coração acelerado, às vezes eu falava algo, mas sempre preferir ficar em silencio, esse é o meu grito mais alto, mas precisava e ainda preciso suportar palavras ruins e tristes. Ate quando decidir me batizar, através de meu pai fui acusada de não ser digna desse ato, mas na hora da procissão de fé, ele se levantou e falou “maravilhas” de mim, diante da igreja.
Isso é divisão.
Eu falo que sou cristã, mas quero que você se mate.
Eu vejo o pó no seu olho, mas não enxergo a trave de madeira nos meus olhos.
Algo que está dividido, não pode de nenhuma forma viver em união.
Eu não me culpo por não ter um relacionamento saudável com ele, se estamos divididos?
Eu sou a luz que ele não pode enxergar por fingir ser alguém que ele não é. Praticamente todos os dias sou acusada de ingratidão, desonra, preguiça, desinteresse, que eu não sirvo pra nada, não acordei pra vida, que não me vê como filha e sim uma inimiga... Mas hoje eu tenho Jesus, e minha consciência esta limpa, nada fiz para merecer esses elogios, mas cada um fala, o que esta dentro de si, cada um tem um estoque guardado em seu coração e as palavras são provas disso, e há também aqueles que se deixam ser usados, assim como há o Espirito da verdade, há o do engano.


“O que você diz pode salvar ou destruir uma vida, portanto use bem as suas palavras e você será recompensado. Provérbios 18:21”.

Um monte de bençãos pra você, a paz do Senhor <3
  


4 comentários:

Jayanne Mendes disse...

Não sei o que comentar.
Mas quero fazer isso, pois você não está só.
Além de Deus, tem a nós..
Ah amiga, vou continuar orando por você!

Sara Lima disse...

Apesar do post retratar sua dura realidade amiga, eu gostei desse desabafo. É legal, pra que todos vejam que apesar de tudo você vive sorrindo e encantando a todo mundo com suas palavras abençoadíssimas.
O seu pai não sabe reconhecer o seu valor, porque está cego pelo erro, mas nós enxergamos claramente a preciosidade que você é, e eu sei que Deus ainda vê mais além do que vemos.
E eu acredito Shirley que você terá um futuro brilhante, e o seu pai conhecerá a Deus verdadeiramente através do seu exemplo.
Nunca esqueça: "Dias ruins são necessários para que os dias bons tenham um sentido pra existir."
Beijo, le amo!

Shirley Costa ♡ disse...

Amém minha florzinha *---*
Sua amizade é muito importante pra mim, Deus me colocou em uma família linda chamada PDMC!

Shirley Costa ♡ disse...

Amigah você quer que eu chore né? Que doce suas palavras e eu recebo Tuuudo em nome de Jesus. Você me aproxima tanto dos céus, e pode não saber, mas sempre está comigo em situações difíceis me mostrando o melhor, me animando! Kkkk vai Shirley, posso ouvir seu grito! Você é meu presente amiga, agradeço ao Senhor por essa chance de tê-la comigo, obrigada minha irmã, sabe eu não costumo desabafar assim, mas fiquei feliz! Amo Você minha mana haha :D